Home
Mapa
Contato  
  Ser-Tão Geral Educação Saúde Segurança Trabalho/Previdência e Assistência Social Documentos Apêndices
 

Portaria MEC - nome social travestis e transexuais

Diário Oficial da União.
No 222, segunda-feira, 21 de novembro de 2011 
PORTARIA No 1.612, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011 
O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso da competência que lhe confere o Art. 87, parágrafo único, incisos I e II, o disposto no Art. 5o, da Constituição Federal, e 
CONSIDERANDO a Portaria no 223 de 18 de maio de 2010 do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão; 
CONSIDERANDO os princípios dos direitos humanos consagrados em instrumentos internacionais, especialmente a Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948) e a Declaração da Conferência Mundial contra o Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerância Correlata (Dur- ban, 2001); 
CONSIDERANDO as propostas de ações governamentais contidas no Programa Nacional de Direitos Humanos 3 elaborado em 2010 (PNDH 3) relativas ao Eixo Orientador III: Universalizar Direitos em um Contexto de Desigualdades; 
CONSIDERANDO o Programa de Combate à Violência e à Discriminação contra Lésbicas, Gays, Transgêneros, Transexuais e Bissexuais e de Promoção da Cidadania Homossexual, denominado "Brasil Sem Homofobia"; 
CONSIDERANDO o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros e Transexuais - PNLGBT; 
CONSIDERANDO as resoluções da Conferência Nacional de Educação - Conae 2010 quanto ao gênero e a diversidade sexual; 
CONSIDERANDO a Portaria 233, datada de 18/05/2010, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - Mpog, que estabelece o uso do nome social adotado por travestis e transexuais às/aos servidoras/es públicas/os, no âmbito da Administração Pública Federal direta, autárquica e fun dacional; e 
CONSIDERANDO o compromisso deste Ministério de desenvolver unidades em sua estrutura para o tratamento das questões de educação em direitos humanos, resolve: 
Art. 1o Fica assegurado às pessoas transexuais e travestis, nos termos desta portaria, o direito à escolha de tratamento nominal nos atos e procedimentos promovidos no âmbito do Ministério da Educação. 
§ 1o Entende-se por nome social aquele pelo qual essas pessoas se identificam e são identificadas pela sociedade. 
§ 2o Os direitos aqui assegurados abrangem os agentes públicos do Ministério da Educação, cabendo às autarquias vinculadas a esta Pasta a regulamentação da matéria dentro da sua esfera de competência. 
Art. 2° Fica assegurada a utilização do nome social, mediante requerimento da pessoa interessada, nas seguintes situações: 
I - cadastro de dados e informações de uso social; 
II - comunicações internas de uso social; 
III - endereço de correio eletrônico; 
IV - identificação funcional de uso interno do órgão (crachá); 
V - lista de ramais do órgão; e 
VI - nome de usuário em sistemas de informática. 
§ 1o No caso do inciso IV, o nome social deverá ser anotado no anverso, e o nome civil no verso da identificação funcional. 
§ 2o A pessoa interessada indicará, no momento do preenchimento do cadastro ou ao se apresentar para o atendimento, o prenome que corresponda à forma pela qual se reconheça, é identificada,reconhecida e denominada por sua comunidade e em sua inserção social. 
§ 3o Os agentes públicos deverão tratar a pessoa pelo prenome indicado, que constará dos atos escritos. 
§ 4o O prenome anotado no registro civil deve ser utilizado para os atos que ensejarão a emissão de documentos oficiais, acompanhado do prenome escolhido. 
§ 5o Em 90 (noventa) dias devem ser tomadas as medidas cabíveis para que o nome social passe a ser utilizado em todas as situações previstas nesta Portaria. 
Art. 3° Esta Portaria entra em vigor na data da sua publicação. 
FERNANDO HADDAD 

 
Novidades

17/11/2012 - "Por onde andam as Políticas Públicas para a População LGBT no Brasil" publicado na Revista Sociedade e Estado da UnB

06/09/2012 - Texto sobre políticas de educação publicado na Revista Bagoas

06/09/2012 - Texto sobre políticas de saúde publicado na revista Sexualidad, Salud y Sociedad (CLAM/IMS/UERJ)

06/12/2011 - Portaria do Ministério da Saúde institui formalmente a Política Nacional de Saúde Integral LGBT

22/11/2011 - Portaria MEC - nome social travestis e transexuais

12/09/2011 - Versão preliminar do texto-base da 2ª Conferência Nacional LGBT

12/08/2011 - Nota Pública do CNCD-LGBT sobre o Dia do Orgulho Heterossexual

22/07/2011 - Ministério da Saúde: "A orientação sexual não deve ser usada como critério para seleção de doadores de sangue".

08/07/2011 - Moção de gestoras/es estaduais de educação de apoio ao Projeto Escola Sem Homofobia.

05/07/2011 - Representantes do poder público fundam o Fórum Nacional de Gestores e Gestoras pró LGBT

04/07/2011 - Resolução regulamenta direito à visita íntima para prisioneiras/os - hetero e homossexuais

03/07/2011 - Portaria estabelece Regimento Interno da II Conferência Nacional LGBT

02/07/2011 - Nota pública de repúdio do CNCD/LGBT à postura do juiz que cancelou registro de união estável em Goiás

20/06/2011 - Conselho de Direitos Humanos da ONU aprova Resolução sobre a violação dos direitos humanos de LGBT

29/05/2011 - Governador de São Paulo sanciona lei que institui o dia de Luta contra a Homofobia

27/05/2011 - Ainda existirão políticas públicas para a população LGBT no Brasil pós-cancelamento do kit anti-homofobia do MEC?

25/05/2011 - Nota pública do CNCD/LGBT sobre a mobilização da II Conferência Nacional LGBT

19/05/2011 - Decreto presidencial convoca II Conferência Nacional LGBT

30/04/2011 - Governo do estado do Rio de Janeiro regulamenta direito à visita íntima, sem discriminação por orientação sexual

17/04/2011 - Reunião Gestoras/es LGBT em Brasília

11/04/2011 - Portaria estabelece Regimento do Conselho Nacional LGBT

11/04/2011 - Pauta da 1ª reunião ordinária do Conselho Nacional LGBT

11/04/2011 - Composição do Conselho Nacional LGBT

22/02/2011 - SDH divulga portaria relativa à composição do Conselho Nacional LGBT

13/12/2010 - Governo Federal cria Conselho Nacional LGBT

13/12/2010 - Ministério aprova portaria que reconhece direitos previdenciários para casais de pessoas do mesmo sexo

     

 

 
FCS - Faculdade de Ciências Sociais PPGS - Pós-graduação em Sociologia PPGAS - Pós-graduação em Antropologia Museu Antropológico FAPEG - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás SDH - Secretaria de Direitos Humanos UFG - Univerdade Federal de Goiás