Weby shortcut
topo novo

AÇÕES DE EXTENSÃO

Atualizado em 15/03/17 00:57.

O Ser-Tão - Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero e Sexualidade desenvolve atualmente as seguintes ações de extensão:

 

Circuito da Diversidade na Escola e na Comunidade - pelo direito à liberdade de expressão política, étnica, estética, de gênero e de orientação sexual e à saúde sexual e reprodutiva

Descrição: Ao entender que o bojo da opressão e das violências perpassa a interseccionalidade de, no mínimo, quatro grandes marcadores sociais: racismo, sexismo, classe e ódio à diversidade sexual, esse projeto tem por objetivo a construção de espaços dialógicos e trocas de experiências, em escolas públicas, entre jovens e adultos sobre os tipos de violências e os avanços dos direitos humanos, assim como a criação de intervenções lúdicas, estéticas, coletivas, críticas e empoderadoras por meio dos jogos e técnicas do teatro do oprimido e das oprimidas.

Coordenação: Eliane Gonçalves

Integrantes: Lenise Santana Borges, Joana Plaza Pinto e Marília Rodrigues

 

Trans UFG - programa de extensão sobre transexualidades e travestilidades

As atividades desenvolvidas no âmbito do projeto de extensão ?Ser-Tão dos Sete Mares?, realizado no âmbito do Ser-tão, Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero e Sexualidade, são as seguintes: 1) "Arte e diferença"; 2) "Prazeres entre Ser-Tões"; 3) Divulgação de resultados de pesquisa; 4) Manutenção de página on-line do Ser-Tão e de ferramentas de rede social; 5) Contato com órgãos governamentais e grupos da sociedade civil; 6) Contato com instituições de ensino e mídia; 7) Realização de eventos acadêmicos variados (mesas-redondas, palestras, simpósios e outros).

Coordenação: Camilo Albuquerque de Braz

Integrantes: Maria Luiza Rodrigues Sousa e Jean Tiago Baptista.

 

Ser-Tão dos sete mares

As atividades desenvolvidas no âmbito do projeto de extensão ?Ser-Tão dos Sete Mares?, realizado no âmbito do Ser-tão, Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero e Sexualidade, são as seguintes: 1) "Arte e diferença"; 2) "Prazeres entre Ser-Tões"; 3) Divulgação de resultados de pesquisa; 4) Manutenção de página on-line do Ser-Tão e de ferramentas de rede social; 5) Contato com órgãos governamentais e grupos da sociedade civil; 6) Contato com instituições de ensino e mídia; 7) Realização de eventos acadêmicos variados (mesas-redondas, palestras, simpósios e outros).

Coordenação: Camilo Albuquerque de Braz

Integrantes: Luiz Mello de Almeida Neto, Eliane Gonçalves, Maria Luiza Rodrigues Souza, Telma Ferreira Nascimento e Mariana Mesquita Capela.

Prazeres Entre-Sertõe
Palestras e discussões bimensais, abertas ao público, em torno das temáticas do gênero e da sexualidade. Elas serão realizadas tanto por professores/as e estudantes da Universidade Federal de Goiás como por profissionais externos/as. Coordenados pela equipe responsável pelo projeto, os encontros serão realizados na Faculdade de Ciências Sociais.
Coordenação: Camilo Albuquerque de Braz
Integrantes: Luiz Mello de Almeida Neto , Custódia Selma Sena do Amaral, Eliane Gonçalves , Maria Luiza Rodrigues Souza e Telma Ferreira Nascimento
Debates Cerrados: Ciclo de Palestras PPGAS/UFG
O projeto de extensão diz respeito ao Ciclo de Palestras do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Faculdade de Ciências Sociais da UFG. Projeto esse que levará à comunidade universitária palestras e debates relativos aos temas caros à Antropologia contemporânea. Em especial relacionados às nossas linhas de pesquisa do Programa: 1) Corpo, representações e marcadores sociais da diferença; 2) Etnografia das ideias e dos repertórios culturais; 3) Etnografia dos patrimônios, memórias, paisagens e cultura material; 4) Etnopolítica e processos de exclusão social.
Coordenação: Carlos Eduardo Henning
Integrantes: Maria Luiza Rodrigues Souza, Mônica Thereza Soares Pechincha, Luis Felipe Kojima Hirano e Camilo Albuquerque de Braz.
AntropoCine: Ciclo de Cinema e Debates Antropológicos
Este projeto de extensão visa unir, em termos básicos, debates antropológicos atuais a produções cinematográficas e documentais. O projeto exibirá a filmes e documentários que suscitem discussões e reflexões críticas e qualificadas relacionadas a distintas facetas das teorizações antropológicas contemporâneas. Em especial teorias críticas pós- coloniais, pós-estruturalistas, pós-modernas, assim como dos estudos subalternos, estudos culturais, estudos étnico-raciais, estudos feministas, estudos etnológicos, estudos dos processos diaspóricos transnacionais, estudos queer, entre vários outros.
Coordenação: Carlos Eduardo Henning
Integrantes: Thaís Dias Luz Borges Santos , Lídia Neira Alves Lacerda , Sophia Ferreira Pinheiro , Sérgio Gomes Rodrigues, Amaralina Maria Gomes Fernandes , Giórgia De Aquino Neiva  e Paula Nogueira Pires Batista.
CENAS PLURAIS
Projeto de extensão que integra as ações concernentes ao projeto de pesquisa GÊNERO E DIFERENÇAS NA EDUCAÇÃO: DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO DOCENTE E O ENSINO DE SOCIOLOGIA. O CENAS PLURAIS também vincula-se ao PIBID e ao Ser-Tão, visando consolidar-se como uma ação contínua, bimestral, com a exibição de filmes e rodas de conversa na Universidade e nas escolas parceiras do PIBID, abordando temáticas relacionadas ao campo dos estudos de gênero, sexualidade e diferenças na educação.
Coordenação: Marcela Amaral
Integrantes: Flávia Mateus Rios, Wagner Ciqueira Quadro, Marília Caetano Rodrigues Morais, Francivaldo Alves de Sousa, Maryanna Lima da Silva, Luiz Henrique da Mata Pina e Heloiza Souza Viana.
Comunidades e Museologia Social (Comusas): extensão universitária e ações afirmativas entre comunidades negras, indígenas, quilombolas, periféricas e LGBT
Certificado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), o grupo vincula-se a organizações comunitárias, em especial aquelas atendidas por políticas públicas contemporâneas relacionadas ao direito à cultura e ao direito à memória, tal qual Pontos de Cultura, Pontos de Memória e demais iniciativas comunitárias em memória e museologia social desenvolvidas por comunidades vulneráveis negras, indígenas, quilombolas, periféricas e LGBT. Ao somar extensão universitária e ações afirmativas, desenvolvem-se pesquisas que problematizam a relação entre universidade e comunidade, propondo uma conexão horizontal e promotora da democratização de espaços públicos. Reúne pesquisadores provindos de comunidades, intelectuais orgânicos e/ou agentes culturais. Com o objetivo de promover a pesquisa e a extensão universitária a partir da Museologia Social, possui como metodologia ações participativas interessadas na potencialização da memória social válida para a promoção da superação da vulnerabilidade social.
Coordenação: Jean Tiago Baptista
Integrantes: GOULART, Treyce Ellen; Giane Vargas Escobar; FEIJÓ, Claudia ; Wichers, Camila Azevedo de Moraes; RODRIGUES, Viviane; SILVA, Wellington Pedro ; Tony Willian Boita.

 

 

 

Listar Todas Voltar